E os Empréstimos Pessoais, pode?

Pode tudo, desde que seja bem pensando…nem tudo na verdade.

Mas então vamos lá…os CDC’s ou empréstimos pessoais, tem como “vantagem” uma alíquota de juros bem menor que a do cartão de crédito ou cheque especial, porém a sua contratação é bem mais burocrática, principalmente se você estiver nas listas de proteção ao crédito.

Uma vez que você não tenha nenhuma restrição e já tenha uma boa relação com seu banco, pagando as faturas do cartão em dia, ou já possui algum histórico de empréstimo a contratação do CDC é um pouco mais fácil.

Um ponto interessante é em relação ao seu histórico no banco. Digo isso porque se você nunca usa crédito, seja por meio do cartão ou cheque especial, o banco não sabe se você é um bom pagador, isso se aplica até mesmo aqueles que têm investimentos.

É um pouco fora da casa até, mas em uma conta antiga que eu possuía apesar de sempre fazer aportes na poupança ou CDB do banco (que não é lá essas coisas) o meu limite de crédito era de menos de R$ 200,00, ou seja, eu não tinha moral nenhuma, mesmo fazendo as coisas certinho, o banco não acreditava em mim, tirando isso tudo bem, voltemos ao post.

Bom, e quando devo usar essa opção?

Em minha opinião o CDC deveria ser usado somente para cobrir alguma emergência (caso você ainda não possua sua reserva) ou trocar uma dívida cara por uma mais barata. Um exemplo seria quitar sua dívida do cartão de crédito com um CDC e passar a pagar uma parcela mais baixa, com juros mais baixos e que caibam em seu bolso.

Usar esse tipo de crédito para atender um desejo pode ser algo tentador, mas deveria ser evitado, pois além do custo para atender o seu sonho, você ainda vai arcar com os juros que apesar de serem mais baixos, diminuem a sua capacidade de gerar riqueza para si.

Minha sugestão é: sempre que tiver vontade de fazer uma viagem ou fazer uma reforma em casa, ou comprar a TV Smart LED Ultra HD 40 polegadas, mas que não vira um transformer, você opte por investir o valor da parcela e comprar o bem à vista, pois além de não pagar juros, é provável que consiga um belo desconto no momento de negociar o seu bem. Apesar de adiar em alguns meses o seu sonho, após fazer aquela economia mensal, você acaba por criar o hábito de acumular dinheiro e acaba conhecendo boas oportunidades de investimento, pode usar até mesmo a poupança nesses casos.

OBS: se a TV tiver a opção de virar transformer o empréstimo é aconselhável.

Esse post ficou um pouco mais curto, mas acredito que já ajuda de alguma forma, não quis trazer as taxas cobradas nos grandes bancos aqui, pois elas variam constantemente, vou deixar abaixo um link para consulta direto no site do BACEN, mas o melhor mesmo é você ir até sua agência e tentar fazer um bom negócio.

http://www.bcb.gov.br/pt-br/#!/r/txjuros/?path=conteudo%2Ftxcred%2FReports%2FTaxasCredito-Consolidadas-porTaxasAnuais.rdl&nome=Pessoa%20F%C3%ADsica%20-%20Cr%C3%A9dito%20pessoal%20consignado%20privado&parametros=’tipopessoa:1;modalidade:219;encargo:101

Mais uma vez obrigado, e até mais.

Fui.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s