Investimentos: CDB’s (Certificado de Depósito Bancário)

Opa , e ai pessoal.

Vamos aos CDB’s então. Estes são títulos emitidos pelos bancos que tem por finalidade captar recursos do investidor, e remunerá-lo em uma taxa que pode ser prefixada ou pós-fixada, o dinheiro investido será emprestado a outros clientes do banco, mas não há risco para quem investe aqui, já que a dívida é do banco com o investidor.

No geral o CDB já é uma opção melhor do que a poupança, pois você pode escolher uma taxa prefixada ou optar por um CDB indexado ao CDI, que é o que a maioria dos bancos oferece.

O problema ao investir em bancos grandes é que a quantidade dos produtos que será oferecido é um pouco restrita e na maioria das vezes o CDB deste banco acaba pagando um percentual muito baixo do CDI, o que pode acabar nem superando a poupança.

Mas não era melhor que a poupança?

É, mas tem que saber escolher. A solução nesse caso é fugir do seu banco, não literalmente, somente o seu dinheiro deixa de ficar lá e vai para uma corretora que você goste. Agora sim, na corretora você irá achar opções de investimento bem mais vantajosas com CDB’s pagando até 120% ou mais do CDI.

E porque que meu banco não paga isso?

Bom…os bancos grandes atendem uma quantidade imensa de clientes, e muitos deles preferem a comodidade de investir pelo próprio banco, ou não fazem questão de ter uma rentabilidade melhor, desde que o dinheiro esteja seguro. Realmente é muito mais difícil que um banco grande quebre, comparado aos bancos menores, que oferecem taxas mais altas exatamente para atrair mais clientes.

Posso perder meu dinheiro lá então?

Não, na verdade pode, mas não se tomar os cuidados necessários. Primeiro certifique-se que a sua corretora é de confiança, esse é o primeiro passo. Segundo, não escolhe um CDB somente pelo maior percentual pago do CDI, tente verificar algumas outras informações antes, é comum haver no site da corretora uma classificação do risco de cada investimento. E por último, todo investimento feito nesse tipo de produto conta com a garantia do FGC, que protege cada investidor até o limite de R$ 250.000,00. Então seguindo estas regrinhas você fica um pouco mais confortável. Lembrando que você só sofrerá um calote se o banco quebrar, fora isso, tudo que citei anteriormente é só para dar mais segurança.

Ah, outra coisa importante é conhecer qual a liquidez do seu CDB, existem tanto opções com prazos de 2 anos ou até mais e também títulos com liquidez diária, ou seja, o resgate pode ser feito a qualquer momento sem perdas. Vale lembrar que primeiro se define seu objetivo e depois se escolhe o produto.

Teve mais coisa hoje que pode ter ficado confusa, CDI, FGC, qué qué isso?

Fala disso tudo outra hora daí.

Flws.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s