Investimentos: LCI e LCA, fugindo do Leão

Ahhh que título ruim, que falta de criatividade, mas é o que temos.

Fala Pessoal,

Vamos comentar hoje sobre mais uma possibilidade de investimento em Renda Fixa, as LCI’s – Letras de Crédito Imobiliário e as LCA’s – Letra de Crédito do Agronegócio.

Bom, essas são duas opções de investimentos que podem ser encontradas nos bancos e corretoras e costumam ter sua rentabilidade vinculada ao CDI, ou ao IPCA, nada impede de encontrar uma taxa prefixada, só acho mais raro achar algo assim.

Mas o que muda então?

Uma das diferenças encontradas nesse tipo de investimento é a isenção de IR, então quem investir seja em LCI ou em LCA, vai receber de volta todo o principal mais a rentabilidade acordada, sem precisar descontar o IR, como acontece ao aplicar em um CDB, por exemplo.

Vou usar uma taxa prefixada para o exemplo, pois é mais fácil, mas a regra é a mesma para casos de taxa pós-fixada.

Investimento de R$ 5000,00 à uma taxa de 10% ao ano, durante dois anos.

Sua rentabilidade ao final do período será de R$ 1050,00, mais o valor de R$ 5000,00 investidos e é isso, não tem desconto, é uma beleza.

Pode dar algo de ruim?

Se bem planejado não, a LCI e LCA possuem a garantia oferecida pelo FGC, ou seja, todo capital até o valor de R$ 250.000,00 (na data que escrevo o artigo) estará garantido pelo fundo, lembrando que esse valor vale por CPF e por instituição financeira, então da para ter várias LCI’s distribuídas em bancos diferentes com a proteção estendida a cada uma.

O único ponto negativo é que não é tão fácil conseguir LCI e LCA sempre, esses investimentos funcionam com lastro em créditos imobiliários ou em agronegócio, então para que o banco emita um título deste ele precisa antes disso ter financiado alguém nestas áreas.

Só complementando então, em épocas de crise, é mais difícil achar esse tipo de investimento, pois é menor o número de pessoas que assume grandes dívidas imobiliárias.

Não tem IR, invisto só ali então?

Não, calma lá.

Não é só porque não tem IR que o investimento passa a ser melhor que os outros, é importante sempre comparar as taxas de rentabilidade, muitas corretoras já fazem esse cálculo para o cliente, mas é possível fazer na mão também, vamos lá:

Um CDB de 2 anos que pague 100% do CDI x LCI (mesmo período) pagando 90% do CDI. Aqui não importa o valor do CDI, mas sim exemplificar o efeito do IR.

No fim, o seu rendimento no CDB será de 85% do CDI do período, pois após 2 anos o IR sobre os rendimentos é de 15%. Já a LCI irá render líquido os 90% do CDI, ou seja, nesse caso seria mais vantajoso optar pela LCI.

Nem sempre é mais vantagem não pagar imposto, um CDB de 110% do CDI, na mesma situação acima, mesmo pagando IR, passaria a render mais que a LCI no fim das contas.

Outro ponto para ficar atento é em relação aos prazos.

Normalmente a LCI/LCA trava o seu dinheiro até a data de vencimento, ou estabelece uma carência, mais comum em bancos grandes, por isso é importante antes de aproveitar uma boa taxa, ter certeza que não irá precisar daquele recurso no curto prazo, fazendo essa análise não tem erro, aproveite mais essa opção de investimento.

É isso por hoje pessoal, espero ter contribuído mais uma vez.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s