Diversificando: Debêntures

Olá pessoal,

Vamos as debêntures então. Seguindo a lógica do título e obviamente a minha opinião, as debêntures devem ser utilizadas para diversificar sua carteira de investimento e não como um dos principais investimentos, isso porquê apesar de serem títulos de renda fixa elas têm um pouco mais de risco então é melhor ter um percentual pequeno do seu patrimônio investido nesse produto.

O que são as debêntures?

Em primeiro lugar são títulos de renda fixa, ou seja, sua remuneração é “garantida” e feita na forma de juros, como é característico desse tipo de produto. No geral elas remuneram com um percentual fixo mais o IPCA, e tem prazos mais longos, virando até uma opção ao Tesouro IPCA.

E sim, as rentabilidades das debêntures são realmente muito atrativas, mas tudo isso se deve ao maior risco que elas oferecem, contudo, em uma carteira balanceada são uma ótima opção para turbinar sua rentabilidade.

Por último, as debêntures são títulos emitidos por empresas, que ao invés de ir ao banco buscar recursos para financiar um novo projeto e pagar uma taxa de juros mais alta, optam por fazer a emissão desse título, sendo ela quem defini qual a taxa que será paga e em qual prazo, lembrando que apenas empresas S.A.’s podem emitir esse tipo de título.

Qual o risco de investir nesse ativo?

As debêntures não possuem a garantia do FGC por exemplo, então se a empresa quebrar ou ficar sem recursos para completar aquele projeto, você corre o risco de não receber o seu dinheiro de volta ou apenas parte dele. Mesmo falando de empresas muito sólidas isso é algo que pode acontecer, por isso ao escolher sua debênture não olhe apenas a rentabilidade, mas procure escolher sempre empresas com boas avaliações.

Um outro ponto é que as debêntures geram ótimas comissões para quem vende, seja a corretora ou um agente de investimentos, então sim, eles sempre vão afirmar que é um bom negócio, e é verdade só que talvez não seja o melhor negócio para você.

E o que são as debêntures incentivadas?

Não fosse o risco esse seria um dos investimentos mais perfeitos que existe.

Esse tipo de debênture possui isenção de IR, esse incentivo acontece porque os projetos envolvidos visam beneficiar infraestruturas do país em diversas áreas, seja na melhor geração de energia, infraestrutura portuária, etc.

O motivo de ser tão boa é que além de pagar uma boa taxa de retorno ,característica das debêntures, ela ainda lhe protege da inflação, e por haver isenção de IR o seu ganho nunca fica prejudicado, algo que acontece com o Tesouro IPCA, onde o ganho que vem da inflação também é tributado.

Tesouro IPCA x Debêntures

Já que citei o assunto vou comentar o que acho.

Para mim não existe melhor e pior, tudo vai depender de sua tolerância ao risco, obviamente que todos queremos ganhar mais, e isso é algo muito atrativo nas debêntures, mas nada supera a garantia oferecida pelo Tesouro Nacional então para mim, é empate.

O único ponto que destaco aqui é que se for correr um pouco mais de risco você deve buscar taxas melhores, no dia que escrevo esse artigo temos títulos do tesouro remunerando a 5% + IPCA, com risco praticamente zero, então se for buscar uma debênture onde o risco é maior você deve optar por uma que pague uma taxa mais alta que essa, pelo menos 6 a 7% além do IPCA ou debêntures incentivadas.

Para concluir, esses títulos são uma ótima forma de diversificação, e apesar do risco acredito que cabe tranquilamente usar de 5 a 10% do patrimônio nesse tipo de ativo, ainda mais se distribuir em debêntures de diversas empresas.

Até a próxima.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s