Dê o primeiro passo, comece a investir hoje

Ler um artigo ou um livro, assistir os vídeos do YouTube e até mesmo fazer o melhor dos cursos de finanças não vai ajudar em nada se você não botar em prática aquilo que aprendeu. Resumindo, ler sobre finanças não vai lhe deixar rico.

Isso se aplica em qualquer outra área, você pode ver todos os detalhes de como fazer o melhor brigadeiro do mundo, mas se nunca juntar os ingredientes e fazer sua parte somente o conhecimento não vai matar a vontade de comer o doce.

Mas vamos voltar as finanças.

Olá pessoal,

O início do post de hoje não foi dos mais alegres, e particularmente eu não sou um grande fã de escrever conteúdo assim, contudo ele pode acabar sendo útil para alguém, se você já investe e cuida bem de suas finanças pode ser que não haja nada para ver aqui. Sim, pode ir embora.

Para os demais, ou aqueles que continuam a ler, a ideia é que, o que vai fazer com que você consiga atingir seus objetivos seja ele qual for, depende de pôr em prática aquilo que aprendeu e mais importante ainda, não esperar milagres.

Pelo que vejo há duas razões principais que impedem que as pessoas saiam de sua zona de conforto. Medo/insegurança e falta de foco em seus objetivos. Alguns podem reclamar que não sobra dinheiro ou que não tem conhecimento suficiente, mas na verdade isso são mais desculpas do que motivos reais.

Combatendo o medo

Pode ser que o principal fator que lhe impede de começar a investir seja o medo de perder dinheiro, comentei sobre isso no post sobre a escolha das corretoras, mas acredito que essa insegurança pode afetar a maioria das pessoas mesmo os que conhecem bem os produtos e entendem seu funcionamento.

Minha dica nesse caso é começar com um valor mínimo, que não irá lhe prejudicar caso o valor desapareça misteriosamente, a ideia é fazer um aporte pequeno, seja em um banco diferente ou corretora, de preferência em um ativo de liquidez diária e passados um ou dois dias solicitar o resgate, apenas para fins de manter a consciência tranquila.

Se o medo é por falta de informação, o caminho pode ser até mais fácil, pois acompanhando alguns especialistas e lendo alguns artigos já é possível saber o básico de como funcionam os principais produtos de renda fixa, por exemplo. Caso não disponha de tempo, é sempre possível buscar um profissional, seja um consultor ou planejador financeiro que irá lhe ajudar a tomar suas decisões.

Ou até mesmo fazer um curso na área que lhe entreguem um pouco mais de conhecimento, é possível achar cursos online que garantem o básico para começar a investir, principalmente em Tesouro Direto.

Falta de foco

A solução nesse caso é um pouco mais difícil, já que muitas desculpas podem surgir para servirem como justificativas, contudo o que falta é um objetivo real para investir seu dinheiro e a crítica abordada lá no começo do post se encaixa muito bem nessa situação.

Em nada vai lhe ajudar conhecer todos os investimentos disponíveis no mercado se você não faz aportes regulares, ou se não parou e montou sua planilha de gastos mensais, são estes mesmos indivíduos que acabam reclamando que o amigo que investe somente na poupança está fazendo besteira, mas que lá na frente vai acabar tendo um resultado melhor, por se manter fiel ao seu objetivo.

A esperança existe, e o primeiro passo é parar de buscar atalhos, pois isso pode mais atrapalhar do que lhe ajudar em seu caminho.

Se a renda é curta você tem duas opções: ou busca uma forma de ganhar mais, e não digo que é algo fácil, contudo é sim possível. Ou olhe com atenção para seu orçamento e veja o que pode ser cortado, muitas vezes (quase em todas) não é o que se ganha, mas sim o quanto se gasta.

Ter uma carteira com Debêntures, LCI’s, CDB”s de 120% do DI, ETF’s e ações não vai ajudar muito se você investe poucos reais por mês, ou troca de investimentos constantemente seguindo modas do momento, como o “investimento” em Bitcoin.

Investimentos devem ter objetivos.

O que fazer?

Se você se encontra na primeira situação, o caminho é dar um primeiro passo, o medo de investir é comum, eu mesmo sempre fui muito inseguro e demorei a sair da poupança. Mas depois de conhecer melhor os produtos e começar a investir com regularidade toda aquela falta de confiança se foi.

Já no segundo ponto, não digo que você deve parar de consumir conteúdos sobre o assunto, mas sim botar em prática, se não acaba sendo um tempo que poderia ser utilizado para outra atividade, que lhe rendesse uma renda extra talvez e permitisse iniciar de vez os investimentos.

Como comentei lá em cima não gosto muito desse tipo de conteúdo, mas senti a necessidade de fazer e espero que sirva de motivação para alguns.

Mais uma vez, críticas e sugestões deixem nos comentários, e bora ficar rico, com um pouco mais de ação.

Flws.

Anúncios

2 comentários em “Dê o primeiro passo, comece a investir hoje

  1. ANAANA disse:

    “…Ter uma carteira com Debêntures, LCI’s, CDB”s de 120% do DI, ETF’s e ações não vai ajudar muito se você investe poucos reais por mês, ou troca de investimentos constantemente seguindo modas do momento, como o “investimento” em Bitcoin..”……………………..confesso que aqui tem nomes que não fazem parte do meu cotidiano…mas quero aprender sempre…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s