Finanças e matemática, não fuja para as colinas

Olá pessoal,

A ideia do post de hoje é desmistificar o conceito de que para se entender bem de finanças antes preciso saber muito de matemática. O título pode não ser o mais original, mas o fato é que mesmo quem não gosta de números ou planilhas pode ter suas finanças em dia.

Vai ter gente que não irá gostar, mas direi assim mesmo. Se bastasse entender de matemática todo matemático ou contador seria rico, mas na real, não é o que acontece.

Não citei os professores de matemática porque ser professor é uma profissão que admiro muito, e assim como tudo o que tem valor em nosso país eles recebem muito menos do que merecem.

Vamos para o post então

Entender matemática ou saber mexer nas planilhas do Excel irá lhe ajudar bastante, mas não é um fator de exclusão para lidar com finanças.

Antes de seguir responda o que acha: finanças são uma arte de exatas ou de humanas?

Humanas, muito bem. O fato de a resposta vir logo em seguida, tira todo o mérito da pergunta, mas isso é a vida. Deixe um comentário lá embaixo dizendo se você acertou, seja sincero.

Agora é sério.

Pensando somente nos conceitos de finanças pessoais a matéria é muito mais voltada para área humana do que de exatas. Isso porque, as suas finanças refletem seus comportamentos com o dinheiro e não sua habilidade em fazer contas.

A conclusão é que saber matemática ajuda, mas o mais importante é sua educação financeira. E aqui está o grande problema, não temos esse conteúdo sendo trabalhado no ensino básico, talvez por isso já comece o preconceito de associar a matemática, já que envolve números.

Esse fato gera outro problema. Muita gente não gosta de matemática e consequentemente passa a não gostar de finanças. Superar esse preconceito é o primeiro passo para evitar a fuga para as colinas.

Ótimo já sei que não é uma ciência exata. E agora?

Se foi fácil mudar sua forma de pensar sobre finanças, agora vem a parte complexa, ou não, vai depender de você.

Ter hábitos financeiros saudáveis envolve, fazer um planejamento com seu dinheiro e principalmente buscar mais informações sobre finanças que podem conter números, mas nem por isso é preciso fugir.

O ideal na hora de trabalhar melhor seu dinheiro é saber aquilo que é realmente importante para você, saber fazer todas as contas não vai lhe ajudar a pagar boletos no fim do mês, mas consumir de forma consciente e ter um orçamento organizado é essencial.

É impossível eliminar os números do seu dia a dia, mas mudar o seu comportamento só depende de você.

Espero ter ajudado mais uma vez, e principalmente eliminado o preconceito contra as finanças.

Até mais.

Anúncios

2 comentários em “Finanças e matemática, não fuja para as colinas

  1. Yuka disse:

    Oi Orlando, meu marido fala que eu sou a maior prova viva de que para saber sobre finanças e investimentos, não precisa saber de matemática rsrsrs. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Hahahaha, que legal, tenho mais evidências então. Mas é bem isso tem gente que foge de aprender finanças só porque acredita que vai precisar lidar com matemática novamente.
    Mas preciso confessar que sou fã da matéria também.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s